Categorias
Uncategorized

Carta aberta da Backer – 10 de junho de 2020

Nessa semana, a Polícia Civil de Minas Gerais finalizou as investigações sobre o caso Backer. O inquérito chancelou o que já havíamos dito: houve um acidente, pontual, sem intenção de causar mal a qualquer pessoa – o que não isenta nossa responsabilidade no caso.


Conscientes disso, reforçamos nossas sinceras desculpas a todos. Em especial, às vítimas e suas famílias.


Reiteramos que não mediremos esforços para honrar com todas as nossas responsabilidades com as vítimas, os consumidores e a Justiça.
A conclusão do inquérito traz luz ao que de fato aconteceu, na visão do órgão investigador. Porém, considerando o que foi divulgado por diversas fontes, cabe esclarecer:


(1) Como sempre afirmamos, nunca adquirimos dietilenoglicol. Utilizávamos, sim, o monoetilenoglicol em nosso processo produtivo. Não há qualquer regulamentação que proíba a utilização do produto no processo de refrigeração externo. Tanto é que a empresa foi fiscalizada dezenas de vezes pelo Mapa, sem qualquer questionamento.


(2) As investigações da Polícia apontaram que o acidente foi provocado por um vazamento em 1 dos 70 tanques, que apresentou defeito de fabricação. Trata-se de um tanque novo, que iniciou operação dia 5 de setembro de 2019 e foi produzido por empresa referência no mercado brasileiro.

(3) Sobre o pagamento de auxílio emergencial às vítimas, reiteramos nosso interesse pleno na resolução, o mais rápido possível. Porém, todos os nossos bens encontram-se bloqueados pela Justiça. Em paralelo, a Justiça determinou regras para o reconhecimento e pagamento de auxílio. Somente na última segunda-feira, a empresa conseguiu uma antecipação de venda de estoque, no valor de R$ 200 mil, e depositou em juízo para acelerar o processo de pagamento. Cabe à Justiça definir quando e como esse recurso será distribuído.

Estamos diante de um caso raro que, certamente, serve de aprendizado para o mercado de produção de cervejas no mundo, a Medicina, a gestão de negócios e a sociedade. Temos muito a trabalhar, principalmente para honrar as responsabilidades financeiras e morais.

Agradecemos às pessoas que nos apoiaram nos últimos cinco meses. Esperamos contar com a confiança de vocês daqui pra frente.